Liturgia – 4º Domingo da Quaresma – “Alegra-te!”

Jesus vida e luz – Disse Jesus: “Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, assim, é necessário que o Filho do homem seja levantado, a fim de que todo aquele que crê tenha por meio d´Ele a vida eterna. Com efeito, Deus tanto amou o mundo que lhe deu seu Filho unigênito, para que não morra quem n´Ele crê, mas tenha a vida eterna. Pois Deus não mandou seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que por meio d´Ele o mundo seja salvo. Quem n´Ele crê não é condenado. Mas, quem não crê, já está condenado, porque não creu no nome do Filho unigênito de Deus. E o julgamento é assim: a luz veio ao mundo, mas os homens preferiram as trevas à luz, porque suas obras eram más. De fato, todo aquele que faz o mal odeia a luz e dela não se aproxima, para que suas obras não sejam desmascaradas. Mas quem pratica a verdade aproxima-se da luz, para que transpareça que suas obras são feitas em Deus”.

Comments are closed.